5 receitas naturais para tratar fígado gordo!



Esteatose hepática é uma doença que se caracteriza pelo acúmulo fora do comum de gorduras nas células hepáticas. Na verdade, ela é conhecida, popularmente, por gordura no fígado ou fígado gordo. Ela tem-se disseminado rapidamente e alcoólatras, diabéticos e obesos são os grupos de risco.

Saiba que fazer uma alimentação correta é fundamental para conseguir uma boa saúde para o fígado. Além disso, pode também contar com cinco métodos naturais, à base de frutas para eliminar a gordura no fígado e restaurar o bom funcionamento deste órgão.

  1. Limão-siciliano ou lima-da-pérsia

É um tratamento fácil e com excepcionais resultados. Ambas as frutas conseguem ajudar no processo de diminuição da gordura do fígado. Mais, elas promovem a ação metabólica e permitem que você emagreça.

Ingira, diariamente, em jejum, um copo de suco de limão-siciliano ou lima-da-pérsia. Após quinze dias, irá sentir o seu fígado depurado.

  1. Suco de sementes de mamão e melão

Este suco é bem adequado à desintoxicação do fígado e, logo, também é capaz de remover a gordura desse órgão. Saiba que você pode aproveitar, através deste suco, as vantagens das sementes de mamão e do melão. As células hepáticas irão livrar-se da gordura acumulada e ficarão mais limpas, através da toma desta bebida. Mais, este suco permite que os nutrientes sejam mais bem absorvidos pelo intestino e promove a remoção do mau colesterol e demais impurezas.

Este suco é bem fácil de fazer. Deite no liquidificador uma colher de chá de sementes de mamão, duas fatias de melão descascadas e um copo de água pura. Depois, processe vigorosamente e tome logo, sem filtrar. Beba um copo, em jejum, todos os dias.

  1. Tamarindo

Nem todas as pessoas sabem, mas esta fruta é boa para o tratamento de esteatose hepática. Ela deixa um paladar azedo, porém é de origem tropical. Na verdade, o tamarindo tem sido alvo de muitas pesquisas sobre as suas vantagens para o organismo, sobretudo para o fígado. Mais, ele tem muitos nutrientes. Esta fruta permite ao organismo desintoxicar graças ao seu forte teor de fibras, permitindo resolver dificuldades digestivas. Além disso, como tem um alto nível de ácidos insaturados, ele é bom para depurar artérias. É ainda apropriado para evitar retenção de líquidos e estimular o emagrecimento.


Falando da sua ação no fígado, ele depura-o e protege-o. Devido à sua composição, esta fruta é excelente para o tratamento de pedras biliares, fazendo com que sejam removidas e purificando a vesícula biliar. Além disso, diminuiu o colesterol e remove a gordura acumulada nas células hepáticas.

Para tratar fígado gordo, convém que faça uma infusão. Leve um litro de água para ferver e junte 30 gramas de folhas de tamarindo. Aguarde e retire do fogo. Depois, pode tomar o chá morno ou frio, todos os dias, bebendo três xícaras.

  1. Limão

É uma fruta bem acertada para manter o fígado saudável. Ela tem muita vitamina C, ácidos cítricos e grande quantidade de antioxidantes. Não só tem proveitos para o fígado como também para a digestão. Os seus ácidos vão transformar os alimentos no estômago, permitindo que a digestão seja adequada e assegurando que o fígado está protegido.

Limpe o seu fígado com o método seguinte, à base de limão: tome todos os dias, em jejum, um copo de água tépida com um pouco de suco de um limão, que tenha espremido no momento.

  1. Pera

Como contém pectina, esta fruta controla o intestino. Mais, ela consegue diminuir o colesterol ruim e as toxinas presentes no sangue. Opte por comer duas peras, diariamente, visto estar a consumir 20% da dose aconselhada de vitamina C, 10% da de ácido fólico e uma boa quantidade de vitaminas do complexo B e vitamina E.

Esta é, de fato, uma fruta recomendada para o fígado. Ela promove a secreção dos sucos gástricos e depura o fígado e o pâncreas. De forma a aproveitar todas as vantagens da pera, coma pelo menos uma, diariamente.

Compartilhe estas receitas, de modo a que mais pessoas conheçam os remédios naturais para combater a gordura no fígado e dar mais saúde a este importante órgão!

Atenção: As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.



Comentar

11 + quinze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.